A fascinante história da Rainha Ester

As histórias Bíblicas são, em sua maioria, de homens, mas as mulheres sempre tiveram papéis importantes na história da humanidade. Muitas mulheres citadas na Bíblia foram esposas que deram bons conselhos aos seus maridos, exercendo, portanto mais do que uma função doméstica. Elas foram conselheiras espirituais e até mesmo políticas.

A Bíblia relata a fascinante história da Rainha Ester, que tinha uma beleza incomparável e uma auto-estima invejável. Éster, para se tornar uma rainha, teve que dedicar atenção às suas necessidades pessoais, se cuidado, tratando da sua imagem e da sua beleza física. Ela se submeteu a 12 meses de tratamentos intensivos de beleza, conforme era costume das mulheres candidatas ao trono real. Nesta época, já eram importantes os cuidados com a estética e a beleza para se obter grandes conquistas.

Ester 2:12 – “Em chegando o prazo de cada moça se apresentar ao rei, depois de tratada segundo as prescrições para as mulheres, por doze meses”. Porque assim se cumpriram os dias do seu embelezamento, seis meses com óleo de mirra e seis meses com especiarias e com perfumes e ungüento, em uso entre as mulheres.

Ester 2: 12 – O rei amou Ester mais do que a todas as mulheres, e ela alcançou favor e benevolência mais do que todas. E o rei pôs-lhe na cabeça a coroa real; e a fez rainha. (Pérsia 465 AC).

A beleza de Ester não era apenas física, mas, acima de tudo, espiritual. Ela revela uma profunda fé e obediência irrestrita a Deus. E Deus a usou transformando-a numa rainha a fim de salvar o seu povo, o povo israelita que estava condenado à morte. Depois de três dias orando e jejuando, Ester intercedeu junto ao rei Assuero, que atendeu o seu pedido livrando a maior parte do povo judeu da morte.

Deus também deseja usar você em grandes coisas, tal como fez com a rainha Ester, por sua fé, obediência e fidelidade ao Senhor.